Baron Fuenté

 

Desde o século XVII, a família “Baron” possuía vinhas em Charly sur Marne, no oeste da zona de Champagne.
Filha de imigrantes espanhóis, Dolorès Fuente viveu uma época dura da sua vida em Espanha e na sua ida para França. Gabriel Baron e Dolores Fuente conheceram-se num salão de baile local. Na época a profissão de enólogo não era muito bem reconhecida e é então que Gabriel Baron finge ser carteiro.

Em 1961, por ocasião do seu casamento com Dolores, Gabriel Baron recebe como prenda, de seus país 1 hectar de vinhas. E em 1967, como um símbolo de sua união, Gabriel Baron e Dolores Fuente fundão a casa Baron-Fuente.
As primeiras garrafas foram produzidas e vendidas diretamente. Desde então, a empresa continuou a desenvolver ano após ano.

Em 1982, sua filha Sophie junta-se a Gabriel e Dolores e começa a trabalhar com os pais. Em 1992, seu filho Ignace também se juntou a “Maison” da família que continua a crescer, que detendo até então já 13 ha de vinhas em Charly-sur-Marne, junto as belas margens do rio Marne.

Hoje, a marca “Champagne Baron-Fuente” é proprietária de 38 hectares de vinhas, e da marca Baron-Fuente.
A casa Baron-Fuente é atualmente gerida por Ignace e Sophie.
Ignace, conta com a assistência do seu “chef de cave” Orlando, e é responsável pela elaboração de todos os champanhes.